Encontro com o escritor Domingos Amaral

  • domingos_amaral
  • domingosamaral

 

No âmbito do encerramento do MIBE, os alunos das turmas do 10.º B e C e 11.º D e E, participaram no encontro com o escritor Domingos Amaral, no espaço da biblioteca. Esta atividade foi proporcionada pelo grupo editorial Leya e evidenciou uma excelente oportunidade para desenvolver nos alunos várias literacias.

A professora bibliotecária deu início à sessão saudando os presentes. Sublinhou a importância da atividade e apresentou uma breve biobibliografia do autor convidado, destacando o romance Assim Nasceu Portugal III, Os Conquistadores de Lisboa (O terceiro e último volume da trilogia sobre a formação de Portugal). Acrescentou, ainda, que das suas vivências (formação em Economia, mestrado em Relações Internacionais na Universidade de Columbia, carreira como jornalista, professor na Universidade Católica, no curso de Economia e Gestão) destacou os vários conhecimentos adquiridos ao longo dos anos com os amigos políticos de seu pai, Diogo Freitas do Amaral.

O autor convidado falou do seu percurso de vida, da sua relação com os livros e da sua paixão enquanto escritor. A atividade de escrita levou-o a explorar diversos temas e géneros como a intriga contemporânea, análise da futilidade social e das aparências, ficção histórica, policial e espionagem, crítica de costumes, visão da complexidade dos amores e desamores e história de Portugal. O autor cativou a plateia composta por alunos e professores.

Domingos Amaral desmistificou a ideia de escritor, afirmando que ninguém nasce escritor e, recorrendo a exemplos retirados das suas publicações, explicou como todo o processo surge e se desenvolve, salientando como ponto crucial de todo este processo a paixão pela leitura. Deixou, também, respostas esclarecedoras sobre a construção das suas histórias, a linguagem utilizada, as personagens escolhidas, o silêncio como catarse da criatividade, o refúgio como lugar de inspiração e alguns truques para prender o leitor. As histórias, adiantou, obedecem a uma rigorosa pesquisa histórica e desenvolvem-se com base na realidade.

Referindo-se especificamente àHistória de Portugal, aditou que é contada e escrita em forma de romance, relatando acontecimentos que marcaram a nossa história. Para este facto muito contribuíram as estadias, enquanto criança, em casa dos avós paternos, na cidade de Guimarães (berço da nacionalidade), ouviu vezes sem conta as histórias do nosso primeiro rei e familiarizou-se com monumentos históricos, que o levaram a interessar-se pela formação de Portugal. Domingos Amaral escreveu outros romances cuja ação se situa noutros momentos históricos significativos para Portugal, para a Europa e para o Mundo.

Após esta brilhante comunicação, seguiu-se um período de perguntas e respostas em que alunos e professores viram esclarecidas as suas dúvidas e curiosidades.

É de sublinhar que este género de encontros é uma ótima oportunidade para desenvolver nos alunos o gosto pela leitura e pela escrita.

Também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>