BE do Liceu acolhe apresentação de obra inédita de Norberto Veiga

  • Escritas do Nordeste
  • Escritas do Nordeste1

 

A Biblioteca Escolar da Escola Secundária Emídio Garcia, acolheu, no passado dia 25 de outubro de 2017, a apresentação da obra Escritas do Nordeste Ensaios e Recensões sobre Autores Transmontanos, de Norberto Veiga. Participaram nesta atividade as seguintes turmas: 10.º F, 11.º A e 11.º B, acompanhadas dos respetivos professores.

A professora bibliotecária, Maria do Céu Afonso, abriu a sessão, dando às boas-vindas e salientando a importância desta atividade, entre outras que se realizaram para assinalar o mês internacional das Bibliotecas Escolares.

Ato contínuo, o professor Francisco José Lopesfez a apresentação do livro, começando por destacar as duas secções do mesmo, narrativa e poesia. Asseverou que na narrativa, o autor estuda as obras de sete escritores, dos quais se destaca o escritor Ernesto Rodrigues com cinco ensaios; na poesia, são apreciadas as obras de três autores. O apresentador salientou, ainda, o caráter pioneiro desta obra, uma vez que é a primeira que faz análise crítica de autores transmontanos, tornando-se, assim, numa mais-valia para as obras e os autores trabalhados.

Tomando a palavra, o autorreferiu que o objetivo do livro foi dar a conhecer e divulgar a escrita de nove autores transmontanos, elencando, de seguida, os objetivos que presidiram à elaboração e posterior publicação do mesmo.

Afirmou que o primeiro tinha aparecido como resposta à oferta de vários livros do escritor Ernesto Rodrigues, resultando, desse facto, a sua maior representatividade na obra.O segundo nasceu do repto do diretor do Agrupamento de Escolas de Alfândega da Fé, professor Francisco José Lopes, que o desafiou a apresentar algumas obras de autores transmontanos que eram convidados ao Agrupamento ou à Biblioteca Municipal daquele concelho.O terceiro resultou da solicitação dos escritores (Francisco Lopes e Carlos D’Abreu) para o autor prologar e apresentar as suas obras poéticas. E o último respondeu ao seu anseio de homenagear o escritor, Amadeu Ferreira (que infelizmente já não se encontra entre nós), aquando da apresentação da sua obra Velhice, em Bragança.

Prosseguindo, evidenciou a importância do livro e da leitura na formação do ser humano. Destacou, também, ovalor das palavras, recorrendo à leitura de vários poemas, e acentuou que a leitura nos dá lucidez, quando temos a ousadia de a encarar como uma luta entre as ideias do leitor e o pensamento do autor. Pois, se o livro não provocar esse desconforto, não cumpre a sua nobre missão que épôr o leitor a pensar.  Por esta ordem de razões, concluiuapelando aoauditórioque cultivasse a insubordinação do pensamento.

Para os alunos foi uma aula diferente em que assistiramà apresentação da referidaobra, esperando que a mesma os tenha ajudado a terem uma ideia mais concreta sobre o conteúdo do livro. Espera-se, ainda, que a obra venha a ser consultada, visto que é um livro de análise crítica sobre obras de autores transmontanos e, desta forma, possa auxiliar a divulgação das obras dos autores nela trabalhados, intuito que norteou asua publicação, como se mencionouatrás.Por outro lado, esta apresentação procurou que os alunos entendessem este género textual que, comoos restantes, parte da leitura, das obras dos autores selecionados, para a escrita, tentando explicitar a estrutura e os temas das mesmas ou, por outras palavras, dar a ler a escrita desses criadores.

Epilogando, esta atividade lembrou as discentes a importância da leitura, uma vez que é uma componente indispensávelna sua formação e o ponto de partida para todo o processo de escrita.

Norberto Veiga

Também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>