Jovens empreendedores

“Não se nasce empreendedor. Aprende-se!” Foi com esta máxima que o agrupamento Emídio Garcia abraçou, desde o início do ano letivo, o projeto da Junior Achievement Portugal – JAP, uma organização sem fins lucrativos, sendo também a maior e a mais antiga organização mundial de educação para o empreendedorismo.

A turma do 11º ano do Curso Profissional de Técnico de Gestão de Equipamentos Informáticos que, já tinha sido anteriormente selecionada, deslocou-se a Vila Real no passado dia 20 de abril, para participar na Feira Ilimitada promovida por esta organização. Tratou-se da exposição e seleção dos produtos mais inovadores apresentados por 19 empresas concorrentes, criadas e geridas por grupos de jovens do ensino secundário.

Os alunos desta turma apresentaram duas empresas distintas: a “Caretos de Trapos” uma reinvenção dos Caretos Brigantinos transformados em miniaturas feitas com tecidos reciclados e latas de refrigerantes que objetiva ser um brinquedo transmissor de tradições e cultura popular e que também pode funcionar como objeto decorativo promotor de artesanato e tradições regionais. E a empresa “Sabores da Região” que pretende comercializar a castanha, como principal recurso económico da região, dando-lhe novas utilizações gastronómicas: revestir a castanha com fondant e chocolate, promover o licor de castanha sem álcool e divulgar a castanha caramelizada.

Os alunos conseguiram criar e gerir as duas mini-empresas ao longo do ano letivo, em contexto de sala de aula, e desenvolveram com sucesso competências fundamentais de cidadania e ética, empreendedorismo e literacia financeira. Esta atividade permitiu também aproximar a escola ao mundo do trabalho.

O agrupamento Emídio Garcia incentiva e promove assim a inovação e o empreendedorismo e tem igualmente envolvidos neste projeto vários grupos de crianças do 1º e do 2º ano que se pretende motivar e preparar, desde cedo, esta realidade.

Parabéns aos promissores jovens “empresários” e que o futuro os consagre como importantes agentes de desenvolvimento económico e social da nossa região.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *