Também ao nível do ensino secundário – Escola Emídio Garcia representa Bragança na Assembleia da República

fotografiaO Liceu de Bragança está a tornar-se presença habitual no certame Parlamento dos Jovens, que se realiza uma vez por ano na Assembleia da República, em Lisboa. De tal forma é assim que os funcionários daquele órgão de soberania já conhecem bem a nossa escola, alguns cumprimentam pelo nome os responsáveis da delegação e todos se interessam pelo bem-estar dos elementos que a integram. São, com efeito, vários anos seguidos a representar Bragança naquela que é uma das mais louváveis iniciativas do Parlamento na tentativa de explicar à sociedade civil o modo de trabalhar e de gerir os assuntos de relevância nacional por parte daquela instituição. A iniciativa Parlamento dos Jovens tem como objectivo principal possibilitar aos estudantes eleitos em cada um dos distritos viver durante dois dias, em pleno Palácio de S. Bento, o papel e a tarefa dos deputados. Este ano, coube às alunas Catarina Falcão Ferreira, Mariana Moutinho e Mariana Nunes, o privilégio de representarem o nordeste transmontano nas sessões dedicadas ao ensino secundário (as jornadas do 3º ciclo tinham-se realizado semanas antes, protagonizadas também  por alunos da nossa escola eleitos em sessão distrital).

O tema em debate neste Parlamento dos Jovens referia-se ao tema Ensino Público e Privado: Que Desafios? — alvo de muita polémica entre os agentes educativos, principalmente ao nível ideológico. Daí a dificuldade em o trabalhar, ainda por cima por alunas oriundos de uma região como a de Bragança, onde o ensino privado é uma realidade existente apenas nos ciclos de ensino iniciais.

Mas a capacidade de estudo das matérias e a postura de verdadeiras deputadas da nação, somadas à beleza que lhes é natural, ficaram na memória dos colegas oriundos de todo o país, incluindo Açores e Madeira. Com esta representação, o ensino público e Bragança somaram pontos ao nível das suas pretensões de justiça social e territorial, na educação e no desenvolvimento em geral.

Catarina Falcão Ferreira

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *